sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Reciclagem de CD

Os CD e os DVS começaram a aparecer no mercado no final da década de 80, princípio dos anos 90. Antes disso usavam-se disquetes para guardar os dados. Elas tinham menos capacidade de armazenamento e eram menos duráveis. Os CD e os DVD são feitos de plástico policarbonato fundido, uma matéria semelhante ao acrílico, e de uma camada metálica em alumínio que faz refletir o laser. Para proteger essa camada refletora existe uma película que ajuda a proteger e conservar, um verniz. Depois vem a etiqueta impressa. Esta é a anatomia de um CD. Tal como os CD destronaram as disquetes, hoje as flash drives estão a tornar-se cada vez mais populares para armazenar dados.

A quantidade de CD e DVD destinados ao lixo diariamente é um número quase inimaginável. Há toda a conveniência em reutilizar este material. A sua queima produz fumos tóxicos, em aterros eles não se degradam. Por enquanto não existe forma de encaminhar CD para reciclagem  - eles são considerados "contaminantes" se forem colocados no Ecoponto


A Sanyo anunciou em 2003 a produção de um disco a que chamou MildDisc e ele seria produzido a partir de milho e biodegradável em 50-100 anos. O processo passa por obter dextrose que depois de fermentada é convertida em ácido polilático que por sua vez é convertido num polímero que é a base dos discos. Uma grande ideia mas não sei se resultou em especial porque o preço final de cada unidade devia ser elevado. Também o preço elevado não torna o esforço da Sony e do seu Vaio W Eco muito apetecível aos consumidores embora recolha imensos elogios. 80% das peças plásticas presentes deste netbook são feitas de CDs e DVDs reciclados...


Enquanto não conseguimos CD e DVD  mais verdes e baratos podemos ir usando a imaginação para re-inventar o uso de CD que de outra forma teriam por destino o lixo. Eis algumas sugestões:


Os velhos CD podem ser transformados em roupa. Eis um exemplo de Elena Velez.


Para quem tiver noções de electricidade e se ajeitar com ferramentas, 
a opção é criar um candeeiro seguindo o passo a passo de Jim Watters



A bola de espelhos é uma ideia simples mas que resulta sempre. 
Eu sempre quis ter uma, agora posso! You should be dancing, yeah!


Enfeites de Natal feitos com CD, na loja Nigelsecostore


Este bolo falso que pode ser utilizado na decoração de festas é feito com 2 CD.
Uma ideia entre muitas, da Linda.

Para guardar as moedas e notas na carteira, uma sugestão da Pink Diamond.

Algumas propostas originais de reutilização da designer Martina Lammel.


Marcador de livro, uma ideia da Rafa Gibrim. Mas vejam as outras também!

Ideias muito práticas do Alexis que consegiu dar ao produto final 
um ar de artesanato muito tradicional.



Um brinquedo muito divertido, ideia da Kimberly!



Mandalas insensário da Mónica Chaves.


Usar os CD como suportes para pintura, Gingerblah tem uma pequena coleção.



Um colar, ideia muito gira de Rebecca. Mas atenção aos fumos tóxicos sempre que se tente derreter os CD.


Um relógio, podem ver mais no site da GeekWare


Uma linda peça de bijuteria, da Whiteguppy!


Bolsa para maquilhagem, da autoria de Aline Patch





E para encerrar esta seleção, quatro formas de dar utilidade às caixas circulares onde se guardam os DVD e CD. Como curiosidade, observem também a instalação Waste Landscape - de duas artistas franceses - Clémence Eliard e Elise Morin. Antes de reciclar, reutiliza-se, é a ideia a reter. Em paralelo decorreram debates sobre desperdício, sociedade de consumo e novas tecnologias em escolas e associações.


2 comentários:

Obrigada por vir até aqui. Volte em breve pois novas coisas e ideias serão acrescentadas! Se tem sugestões não hesite em partilhá-las para que este blogue nos seja mais útil e interessante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...