quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Pela alteração do estatuto jurídico do animal no Código Civil português

Acha que os animais são coisas? Não? Pois, concordo consigo. Os animais não são coisas mas o nosso código civil trata-os como se o fossem. Isso tem de mudar. Este Movimento (do Paulo)  visa alterar o estatuto jurídico do animal no Código Civil, reconhecendo-o como um ser senciente, capaz de sentir dor e prazer psicofisiológicos. Reconhecer a senciência do animal e deixar de o considerar como uma "coisa móvel" é o principal passo para proibir e punir os tremendos maus-tratos a que são sujeitos os animais em Portugal.  Aceda à página do Movimento e junte-se ao Paulo para apoiar os animais.

Paulo Borges coordenou a edição das Obras de Agostinho da Silva, na Editora Âncora e no Círculo de Leitores, e coordena o projecto de levantamento, transcrição, estudo e edição do espólio de Agostinho da Silva, no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, apoiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Também foi Presidente da Comissão das Comemorações do Centenário do Nascimento de Agostinho da Silva, em 2006-2007. Actualmente é Director da revista Cultura ENTRE Culturas e co-fundador e presidente da Direcção Nacional do Partido pelos Animais e pela Natureza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por vir até aqui. Volte em breve pois novas coisas e ideias serão acrescentadas! Se tem sugestões não hesite em partilhá-las para que este blogue nos seja mais útil e interessante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...